30 Maio /// Susana Santos Silva “Impermanence”

Susana-Santos-Silva-1

Trompete e flugel Susana Santos Silva  Saxofone alto e flauta João Pedro Brandão  Piano Hugo Raro  Contrabaixo Torbjörn Zetterberg  Bateria José Marrucho

Na música, como na vida, a impermanência das coisas é a única verdade que alimenta o desenvolvimento e a criatividade da nossa existência. Da existência de tudo afinal.
Com raízes na tradição jazzística e fortemente ligada à improvisação livre e experimental, os sons que daí resultam fazem parte de uma história musical impermanente e em constante evolução. A trompetista, improvisadora e compositora Susana Santos Silva, já um nome de referência do jazz contemporâneo e música improvisada dentro e fora de Portugal, reúne neste projeto João Pedro Brandão, Hugo Raro e Marcos Cavaleiro (substituído, neste concerto, por José Marrucho), músicos do Porto e seus colaboradores de longa data, todos parte da Associação Porta-Jazz, Torbjörn Zetterberg, contrabaixista sueco com quem tem trabalhado assiduamente nos últimos dois anos, particularmente no seu projecto em duo.

* Lançamento de disco (Carimbo Porta-Jazz)

Teatro Académico de Gil Vicente / 22h